Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paisagemviva

Sempre verde, azul e perfumada pelas flores...

Paisagemviva

Sempre verde, azul e perfumada pelas flores...

14
Fev17

Portugal por quem sois

paisagemviva2

Portugal foi rico graça às infinitas viagens e conquistas de D. Afondo Henriques.

Portugal foi rico graças à sua localização geográfica.

Portugal foi rico graças à sua fertilidade e diversidade geográfica.

Portugal foi rico graças a um povo trabalhador e produtivo.

Portugal foi grande graças às suas colónias, pesca e comércio.

Portugal foi....

Portugal era....

Mas Portugal continua a ser belo,

Portugal continua a ser fértil,

Portugal continua a ter uma feliz localização geográfica.

Mas...

Portugal já não produz, porquê?

Portugal já não é grande, porquê?

Os portugueses continuam a ser trabalhadores... no estrangeiro, porquê?

As nossa crianças vão ser importantes no estrangeiro, porquê?

Há muitos portugueses famosos no estrangeiro, porquê?

Talvez porque o povo esteja farto de ser explorado.

Até para o trabalhador incansável existem limites de paciência.

Nós não enriquecemos a trabalhar no nosso país,

No nosso país é impossível viver bem a trabalhar honestamente....

2016-06-23 09.25.47.jpg

 

Nós, portugueses.

02
Fev17

Vivemos em permanente tentativa

paisagemviva2

2016-06-23 09.25.47.jpg

 Sim, é verdade, tentativa de melhor remuneração, tentativa de mais qualidade de vida, tentativa de vencer, de ser feliz, de viver e não apenas existir, mas enfim não passam de tentativas, pois podemos contar pelos dedos de uma mão quais as bem sucedidas.

Eu tentei, tudo o que referi e mais ainda, esforcei-me em muitas delas, mas fui bem sucedida em poucas, melhorei na vida e piorei outra vez.

Numa das tentativas esforcei-me até às lágrimas... acho que fui bem sucedida, mas ainda não recuperei.

Algumas das tentativas deixam marcas, marcas tão fundas que doem para o resto da vida, pois o esforço não nos faz só chorar, também dói, dói muito.

Outras tentativas levamos anos e anos a esforçar e por vezes desistimos outras persistimos e não deixamos de tentar... apenas porque achamos que não pode ser só isto.

Sim, não pode ser só isto...

Tanto esforço e tanta dor... para isto?

31
Jan17

Escolar e ensinar

paisagemviva2

2016-06-17 09.44.10.jpg

 Temas habituais e sempre atuais, a escola e o ensino...

Comecemos pela escola, chove na escola, é difícil entrar nas salas, existem poças de água (lagos) à entrada das salas, os alunos fogem para a sala de convívio, na qual não cabem todos e os auxiliares reclamam porque não podem estar todos ali, para não encherem o bar, não se sentarem nas cadeiras das mesas do bar, para que saiam do refeitório, enfim, não há refúgios durante os intervalos onde as crianças se possam abrigar.

Esta situação não é recente, é desde os tempos em que pessoas, que hoje têm 50 anos, frequentaram a mesma escola, com os mesmos wc's decadentes.

O ensino é o mesmo, professores que não têm capacidade nem perfil para ensinar, que apesar de não estarem motivados (e com razão) também não gostam do que fazem, mas acima de tudo parecem esquecer que estão a ensinar os homens do futuro, dos quais irá depender o nosso país e o país onde, poderão, viver os filhos deles.

31
Jan17

Uma chuva contra o tempo

paisagemviva2

Não é meu.jpg

 Uma chuva contra o tempo, precisamos urgentemente de algo de bom na nossa vida, algo que dê sentido ao dia-a-dia, algo que nos anime e faça felizes.

Precisamos de alguém que saiba governar, produzir e acima de tudo ordenar... ordenar o país, a economia e dar luz a Portugal e aos portugueses.

(As fotos são da minha autoria)

16
Jul08

Livros e livros

paisagemviva2

Li um livro que achei fascinante... e não o são todos? cada um por uma razão diferente, mas todos pelo prazer que ler proporciona!

Este em especial porque foi o último que li e em especial porque aborda um tema que, penso eu, preocupa a população mundial, pelo menos deveria preocupar...

 

Este livro chama-se:

"O Sétimo Selo" e o autor: José Rodrigues dos Santos

 

Neste livro houve uma frase em particular que me fez pensar bastante e que li umas três vezes, deixo aqui para vocês pensarem um pouco também:

 

"(...) A Terra é um ser vivo com capacidade de auto-regulação, o que significa que sempre conseguiu manter-se próxima da temperatura e da composição química mais adequada à vida. Fez isso durante milhões de anos. Mas agora, devido à libertação em massa de dióxido de carbono dos combustíveis fósseis, a temperatura aproxima-se de um valor crítico a partir do qual o planeta perde a capacidade de auto-regulação. E é justamente isso o que torna o aquecimento global potencialmente catastrófico."

 

 

Paisagemviva

31
Out07

Afinal sempre existem imortais...

paisagemviva2

11 de Março de 2004

Familiares das vítimas mostram-se indignados com a decisão de absolver "O Egípcio" (SAPO)

Três dos principais acusados receberam a pena máxima: 40.000 anos de prisão. Ficou provado que o espanhol Emilio Suaréz Trashorras é culpado de fornecer os explosivos para os atentados.

News no Sapo...

Desculpem a minha ignorância, mas o habitual nos seres humanos não são por volta de 100 anos de vida?

Paisagemviva

12
Jul07

Bem me parecia...

paisagemviva2

Sempre suspeitei de um dia haviamos de morrer a trabalhar...

de que esse é o objectivo do nosso governo...

Senão vejamos:

 

- Cada vez somos reformados mais tarde;

- Somos vitímas de doenças mais cedo, desde Alzheimer, cancro, Parkinson, etc;

- Cada vez andamos mais a correr (stress) com o objectivo de conseguirmos um passeio ao fim-de-semana;

 

e cada vez mais ouvimos notícias destas:

 

"Professora com cancro regressa à escola após recusa de reforma"

Tenho ou não razão?

Digam lá meus amigos!!!!

Paisagemviva

09
Jul07

Tenho duas pérolas lindas

paisagemviva2

Tenho duas pérolas lindas,

tão parecidas e tão diferentes

Dentro da mesma concha

Dentro da mesma gente

Uma brilha mais do que a outra

Duas belezas distintas

Dois feitios tão diferentes

Uma faz muito barulho

A outra no seu silêncio

Uma muito observadora

A outra muito inquieta

São ambas maravilhosas

Que receio partilhar

Com alguém que não lhes dê valor

Que não as saiba apreciar

Fazem parte do colar da vida

Que um dia se vai partir

Cada uma para o seu destino

Que a vida as faça sorrir

Sempre

Com muita alegria

 

Paisagemviva

22
Jun07

Pre ocupações

paisagemviva2

Então realmente andam preocupados com o meio ambiente, falar é muito bonito... mas recomendam a entrega de medicamentos usados na farmácia e posteriormente vimos a saber que afinal estão a destruí-los juntamente com o lixo vulgar....

Pergunto :

- Porque é que entregamos os medicamentos na farmácia e não os depositamos no lixo? assim facilitamos-lhes o trabalho, certo?

Eu aprecio muito a natureza e preocupo-me em separar o lixo, em não deitar o óleo usado nas canalizações para os esgotos, em poupar energia, mas acontece que as grandes empresas que provocam os maiores acidentes ambientais por despejarem detritos nos rios e mares e matarem os seres vivos que ali habitam são tão penalizadas por o fazerem que voltam sempre a efectuar as descargas para o mesmo sítio - o rio, o mar...

:( Fui eu..

Mais sobre mim

foto do autor

O caminho é aquele que for escolhido

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

E por que não:

Acontecimentos

Cinema

Viagens

Sabes onde fica?

Vai estar sol????

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub